sexta-feira, 12 de maio de 2017

Salvando o CAJuv

      Não posso dizer nada referente ao funcionamento e fomento à cultura com participação da prefeitura, se irá ficar como era antes, mas o espaço é nosso.
O CAJuv , assim como o CRI e SEDESC podem ser vendidos, no entanto não podem tirar o que há naquele espaço, o que foi e é para toda região das 7 cidades. Não poderão mexer nas instalações tanto elétricas como hidráulicas, não poderão derrubar uma parede sem consentimento.
O CAJuv é conhecido internacionalmente, principalmente na America Latina, como um grande incentivo ao fomento artistico de Jovens.
Como patrimônio tombado municipal de SBC o CAJuv não sai das nossas mãos e, as vezes, só é preciso 1 pedinte para o requerimento em tal ação, entretanto somos muitos e podemos fazer um requerimento em massa. Sei que todas as cidades vizinhas e irmãs de São Bernardo do Campo,  irão contribuir.
Isso é o COMPAHC-SBC, que poderá salvar tirando de vez o SESC daquele local.
Nada contra o SESC em SBC, afinal já deveria ter vindo, mas temos tantos outros lugares!
Combinemos então em fazer um requerimento eficaz, pedindo o espaço da redenção 271, em prol da cultura e artes, e por fim entregarmos no poupatempo.

Não deixem de lutar pelo CAJuv, tudo o que foi o CLM, o que foi perdido, eu vivi e com poucos músicos sabendo do ocorrido, não pudemos fazer nada e digo, pois tem gente que sente falta da orquestra sinfônica de sbc ... eu acho que ficou muito tempo. Uma orquestra que poderia ser trocada facilmente(pelo dinheiro investido nela) por uma dezena Bandas Musicais, centenas de fanfarras, dezenas de Bandas Marciais , mais  professores de musica, entre todos os instrumentos, Maestros, Corais, mais uns três pontos culturais  com tudo isso... teria musica nas escolas e quem sabe uma outra nova era da cidade dos isntrumentos de sopro?
Não sei qual era o salário do Maestro Julio Medáglia, mas sabia que tinham instrumentistas de outros países, custando o olho da cara, e os instrumentistas brasileiros, que eram poucos , acho que só um era de SBC, ganhavam o suficiente por mês , para tocar uma vez por mês  o suficiente para termos bandas e fanfarras funcionando.

Banda Municipal Infanto Juvenil  Rudge Ramos 

Aniversário da 1º radio web de SBC Vozes da Cidade

CLM

Projeto no Parque Hawai 

Banda Municipal Cidade da Criança 

Cajuv

CAJUV

CAJUV

Finalizações do ano no palco do CAJUV

SINDIMUSSP

   

Nenhum comentário:

Postar um comentário